3ª União Mística

  • Assessoria
  • 23/09/2018

Berenice Bellato foi convidada para ser madrinha da 3ª Edição da União Mística do Rio de Janeiro e estará presente no dia 23 de setembro de 2018.

A União Mística é um evento que tem como objetivos:

  • Promover a diversidade cultura
  • Promover a diversidade religiosa
  • Promover a paz mundial
  • Promover o respeito mútuo

Todos contra a intolerância religiosa!

Diversas religiões presentes, um grande show com teatro, músicas, danças, apresentações de toque de instrumentos, apresentações de canto, mesa de previsões, oraculistas, expositores, rituais e muito mais!

A Arquitetura da Ascensão – Continuação (Cap. 1.2)

Descobri que eu poderia ser uma missionária. Meu pai jurou que me mandaria estudar no Rio de Janeiro no Instituto Bennett. Sim! Na época dos anos 1960 (mais ou menos), as mulheres adquiriam uma boa formação cultural e religiosa dentro daquela instituição de ensino. Certa da minha vocação não arredaria os pés.

Antes de dormir eu ficava muito pensativa e chorosa. Como poderia viajar para tão distante deixando a minha família? Suportaria viver sem a minha mãe por perto?

A Arquitetura da Ascensão – Continuação (Cap. 1.1)

Quieta no meu mundo interior, via e ouvia os meus irmãos brincando felizes. Jogavam bola, corriam, faziam amigos e muito bullying pelo meu jeito de ser, comportar.

Na época as pessoas frequentavam muito a biblioteca municipal . Eu passava as horas no colégio onde estudava. Emprestava livros com histórias de princesas e castelos. Romântica, lia poesias, romances e história da música.
Meu pai proibia qualquer revista em quadrinhos, novelas em casa. Dizia-nos que “aquilo” não era bom exemplo para ninguém!

A Arquitetura da Ascensão – Capítulo 1

Olá! Este é o primeiro capítulo do meu livro online! Todas as quartas-feiras será publicado um novo capítulo aqui! Espero que gostem!

Abraços e boa leitura!


Feriado de carnaval. Aparentemente estou sozinha escrevendo no meu computador. Apesar de ser verão, lá fora, a neblina é intensa, chuva fina e vento forte.

Refletindo muito e particularmente sem dividir as minhas impressões com ninguém, tive um insight de que a minha vida foi e continua sempre carregada de mistérios e sensibilidades aguçadas demais. Não quero deixar esta vida como uma passageira de quem aqui viveu, fez a bagagem e partiu para um outro plano sem aqui registrar o que é viver na terra contatando amigos espirituais.